quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Viagem poética

Autora: Conceição Gomes

Foi muito especial! Iniciamos por COPACABANA, a princesinha do mar. A GAROTA DE IPANEMA desfilava todo o seu charme e seu balançado que é mais que poema. Fomos matar a saudade dos velhos carnavais na PRAÇA ONZE, onde MARIA CANDELÁRIA E MARIA ESCANDALOSA, juntamente com AS PASTORINHAS, batiam um animadíssimo papo com o BÊBADO E A EQUILIBRISTA.UM belo prédio estava em CONSTRUÇÃO e seu mestre de obras era PEDRO PEDREIRO. Subimos o CORCOVADO e lá encontramos CAROLINA, JANUÁRIA, LUIZA, BENVINDA. MADALENA FOI PRO MAR, porisso não a vimos. Quem estava ensaiando uma VALSINHA, foi JOÃO E MARIA. Estavam sendo observados pela MORENA DE ANGOLA, que não liga nem um pouco para as mazelas do COTIDIANO. Lá do alto contemplamos O BARQUIHO singrando a baia de Guanabara, capitaneado pelo MESTRE-SALA DOS MARES. Descendo do Corcovado fomos DO LEME AO PONTAL, para fazer um boa caminhada. No caminho encontramos o MENINO DO RIO, belo e saradíssimo com sua prancha de surf. Subimos A MONTANHA até Petrópolis. A PRAÇA principal estava toda enfeitada para ver A BANDA passar. Por lá encontrei o MEU CARO AMIGO. De Petrópolis fomos a SAMPA. Passamos um DOMINGO NO PARQUE e saboreamos uma FEIJOADA COMPLETA. Fizemos questão de pegar o TREM DAS ONZE para visitar a SAUDOSA MALOCA. Alugamos um CALHAMBEQUE e fomos dar um bordejo pela RUA AUGUSTA. A noite, ao som de uma VIOLA ENLUARADA, fomos dançar nos BAILES DA VIDA. Lá estavam animadíssimas, DIANA e a MARCIANITA, agora radicada para sempre no planeta terra. Eu lhes digo, foi uma FESTA DO ARROMBA. Muita MENINA LINDA. O BOM RAPAZ, também estava por lá. Como é PRIMAVERA, aproveitamos as MANHÃS DE SETEMBRO e fomos até o nordeste. Lá encontramos o MENESTREL DAS ALAGOAS, que com seu CORAÇÃO DE ESTUDANTE e AQUELES OLHOS VERDES, sem MÁSCARA NEGRA, apesar de ser a NOITE DOS MASCARADOS, apreciava deleitado um CHÃO DE ESTRELAS no seu BARRACÃO DE ZINCO. Não podíamos deixar o Ceará de fora. Lá ouvimos a SÚPLICA CEARENSE, tomamos banho na praia do MUCURIPE e ainda vimos o PAVÃO MISTERIOSO. Nossos poetas sairam encantadas com a FASCINAÇÃO do CORSÁRIO, que mora bem pertinho dali, em PORTO SOLIDÃO. Não houve tempo para ver o LUAR DO SERTÃO. Andamos mais 60 LÉGUAS até Minas para saborear um gostoso TUTU COM TORRESMO. No restaurante ainda vimos JOANA FRANCESA e fomos olhar AS VITRINES. Garanto que foi um passeio e tanto...Acredito também que nossa AMIZADE SINCERA não VAI PASSAR. DE VOLTA PRO MEU ACONCHEGO, que é de todos nós, cantamos juntos o SAMBA DO GRANDE AMOR, PARATODOS os poetas, ao som do PIANO DA MANGUEIRA. Prometemos ser AMIGOS PARA SEMPRE. Eu lhes convido para um almoço especial só com comidas típica deste Brasil? Topam? Afinal, AMIGO É PRÁ ESSAS COISAS. Assim, escapamos um pouco da RODA VIVA. De vez em quando é bom sair por aí SEM LENÇO E SEM DOCUMENTO, assim como fez o FIO MARAVILHA, para curtir qualquer CIDADE MARAVILHOSA por este Brasil afora.


Autora: Conceição Gomes - Curitiba/PR

Página da autora:

http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=54344


Um comentário:

Alberto Rocha disse...

Parabéns Conceição. VOCÊ, MORENA TROPICANA, é realmente MADEIRA QUE CUPIM NÃO RÓI...