sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Nosso livro


Título: Gandavos - Contando outras histórias

Autores: Carlos A.Lopes, Maria Mineira, Geraldinho do Engenho, Ana Soares, Celêdian Assis de Sousa, Augusto Sampaio Angelim, Carlos Costa, JCarneiro, Fernando José Carneiro de Souza, Rangel Alves da Costa, Jorge Farias Remígio, Maria Olimpia Alves de Melo, José Soares de Melo, Fábio Ribas, Ana Bailune, Sevy Oliveira, Marina Alves, Jussara Burgos e Jailson Vital.

Ilustrações: Edmar Sales

Formato: 14x21; capa 4 cores com brilho; papel amarelo
Número de páginas: 192

Venda: Com os autores

A editora deve entregar os livros até: 15/04/2013














Carlos A. Lopes
Blog: Gandavos

COMENTÁRIOS:

Companheiros, como já publiquei 13 livros, sendo dois científicos, sei o quanto é difícil, demorado e estressante esse trabalho. Meu livro científico O CAMINHO NÃO PERCORRIDO - A trajetória dos assistentes sociais masculinos em Manaus, citado em livros de graduação, pós-graduação e até objeto de uma tese de doutorado defendida na Espanha (AVES RARAS NA PROFISSÃO - O psicólogo e o assistente social no exercício profissional (Cléria Bueno, ainda inédita), estou recebendo de presente da Editora da UFAM a reedição desse minha obra, lançada em 1995 e esgotada em 1996, quando foi citada pela primeira vez no livro da professora e teórica de renome nacional, Marilda Iamamoto, merecendo também nota de rodapé no próprio livro.
Embora não esteja tendo esse trabalho diretamente porque minha condição de saúde não me permite, estou acompanhando meu trabalho em seguidas trocas de e-mails pela Editora.
Por isso, posso imaginar o quanto nosso companheiro Carlos Lopes possa estar extenuado por esse trabalho em nome de todos nós. Um abraço a todos.
Um abraço a todos
CARLOS COSTA
Manaus/AM

Carlos, pode até parecer coisa de criança.Mas estou contando nos dedos, os dias para folhear esse livro. Quando isso acontecer, vou me sentir uma escritora. Bom demais!

MARIA MINEIRA

São Roque de Minas/MG


Escrever um livro não é tarefa fácil, pois além da grande responsabilidade sobre o conteúdo que, primeiramente nos agrade e que simultaneamente agrade ao leitor, há uma gama de providências a serem tomadas até que o livro entre em fase de edição. Alie-se a isso, o fato de que é sempre um custo alto, quando se pretende oferecer um livro bem feito, de apresentação agradável e que dê prazer ao ser manuseado. Por estas razões e também pela própria dificuldade oferecida pelo mercado brasileiro, no campo da literatura, uma grande maioria de autores sentem-se desestimulados a publicar as suas obras.

Neste contexto, a possibilidade de participar de um projeto coletivo de edição, como as coletâneas, antologias, facilitam enormemente esta tarefa e propiciam oportunidades aos autores de realizarem o sonho de ver seus trabalhos publicados. Carlos Lopes em sua louvável iniciativa de reunir os autores do blog, além de alguns outros, em coletâneas, chamou para si a responsabilidade e todo o trabalho de tornar realidade o sonho de cada um que por um motivo ou outro, ainda não teve seu livro editado. O primeiro volume foi uma bela amostra do quanto esse trabalho foi frutífero. O segundo que em breve teremos em mãos, com a inserção de mais autores, textos inéditos, com o aprimoramento e experiência que vão se consolidando, promete uma boa surpresa, eu garanto.

Por fim, fica aqui expresso o meu agradecimento e que acredito é avalizado pelos outros autores, ao Carlos, pela sua extrema generosidade, abnegação e principalmente pela lisura com que vem nos tratando, sempre com muita transparência e honestidade. Obrigada, meu amigo, de coração.


Um grande abraço a todos os autores, que como eu, faz parte desta família chamada Gandavos.


CELÊDIAN ASSIS
Belo Horizonte/MG

Celêdian, ricas e oportunas são as suas palavras. Ao ler seu comentário, lembrei de dias atrás, quando eu, você e minha sobrinha Patrícia saiamos de um restaurante, aqui no Recife e levei uma queda dos diabos, rsrsrsrsr. Lembra o que lhe dizia naquele exato instante? Eu dizia da conveniência de se publicar livros de forma coletiva (e aí veio o tombo, rsrsrs). Você está corretíssima, são muitas as implicações. Só gostaria de acrescentar ao seu comentário algo. A minha participação na publicação dos livros não pode ser considerada como um trabalho a partir de mim para os outros autores. Na realidade, estamos todos juntos. O número de publicação só é possível porque cada um está fazendo a sua parte. Eu sou uma dessas partes. De um modo geral a maioria tem o sonho da publicação de um livro e por certo que eu também tenho essa pretensão. E quanto mais a gente conseguir manter essa união, haverão mais livros publicados e autores com sonhos realizados. Eu sou um deles. Como lhe disse naquela oportunidade: ¨tenho pouco talento e caminhar em grupo é a minha melhor opção¨. Portanto eu é que agradeço pela permissão dos os autores em participar do grupo. Obrigado a todos.

CARLOS A. LOPES
Olinda/PE



 


 

4 comentários:

Maria Mineira disse...

Carlos, pode até parecer coisa de criança.Mas estou contando nos dedos, os dias para folhear esse livro. Quando isso acontecer, vou me sentir uma escritora. Bom demais!

Celêdian Assis disse...

Escrever um livro não é tarefa fácil, pois além da grande responsabilidade sobre o conteúdo que, primeiramente nos agrade e que simultaneamente agrade ao leitor, há uma gama de providências a serem tomadas até que o livro entre em fase de edição. Alie-se a isso, o fato de que é sempre um custo alto, quando se pretende oferecer um livro bem feito, de apresentação agradável e que dê prazer ao ser manuseado. Por estas razões e também pela própria dificuldade oferecida pelo mercado brasileiro, no campo da literatura, uma grande maioria de autores sentem-se desestimulados a publicar as suas obras.

Neste contexto, a possibilidade de participar de um projeto coletivo de edição, como as coletâneas, antologias, facilitam enormemente esta tarefa e propiciam oportunidades aos autores de realizarem o sonho de ver seus trabalhos publicados. Carlos Lopes em sua louvável iniciativa de reunir os autores do blog, além de alguns outros, em coletâneas, chamou para si a responsabilidade e todo o trabalho de tornar realidade o sonho de cada um que por um motivo ou outro, ainda não teve seu livro editado. O primeiro volume foi uma bela amostra do quanto esse trabalho foi frutífero. O segundo que em breve teremos em mãos,com a inserção de mais autores, textos inéditos, com o aprimoramento e experiência que vão se consolidando, promete uma boa surpresa, eu garanto.

Por fim, fica aqui expresso o meu agradecimento e que acredito é avalizado pelos outros autores, ao Carlos, pela sua extrema generosidade, abnegação e principalmente pela lisura com que vem nos tratando, sempre com muita transparência e honestidade. Obrigada, meu amigo, de coração.
Um grande abraço a todos os autores, que como eu, faz parte desta família chamada Gandavos.
Celêdian Assis

Carlos Lopes disse...

Celêdian, ricas e oportunas são suas palavras. Ao ler seu comentário, lembrei de dias atrás, quando eu, você e minha sobrinha Patrícia saiamos de um restaurante, aqui no Recife, e levei uma queda dos diabos, rsrsrsrsr. Lembra o que lhe dizia naquele exato instante? Eu dizia da conveniência de se publicar livros de forma coletiva (e aí veio o tombo, rsrsrs). Você está corretíssima, são muitas as implicações. Só gostaria de acrescentar ao seu comentário algo. A minha participação como na publicação dos livros não pode ser considerada como um trabalho a partir de mim para os outros autores. Na realidade, estamos todos juntos. O número de publicação só é possível porque cada um está fazendo a sua parte. Eu sou uma dessas partes. De um modo geral a maioria tem o sonho da publicação de um livro e por certo que eu também tenho essa pretensão. E quanto mais a gente conseguir manter essa união, haverão mais livros publicados e autores com sonhos realizados. Eu sou um deles. Como lhe disse naquela oportunidade: ¨tenho pouco talento e caminhar em grupo é a minha melhor opção¨. Portanto eu é que agradeço pela permissão dos os autores em participar do grupo. Obrigado a todos.

Vanice Ferreira disse...

Boa noite Carlos, parabéns e sucesso!!! Publicar um livro é emocionante. Abraços, Vanice.