sexta-feira, 10 de abril de 2015

Agradecimento a ABDL - Academia Bom Despachense de Letras


Caro Professor Ronan Tales de Oliveira.
É sem dúvida uma grande honra e emoção ser mais uma vez homenageado por escritores mineiros, pois sempre se destacaram ao longo da história em vários movimentos literários. Todas as nossas publicações tiveram até hoje, um grande percentual de autores de Minas Gerais e isso só engrandece os nossos livros.
Minas tem uma grande tradição na literatura e hoje apresenta nomes que, sem sombra de dúvida, serão os clássicos do futuro e creio que muitos deles já fazem parte do grupo Gandavos.
Eu tenho cada membro da família Gandavos em conta e alta estima.  É gratificante dividir experiências, somar esforços. Agradeço a atenção e dedicação dispensada por cada autor durante todo esse percurso.  Não tenho palavras para descrever tamanha satisfação. Não fosse o comprometimento de cada um de vocês, nada disso seria possível. Obrigado de coração
Carlos Lopes

Prezado Sr. Carlos Lopes.
¨Fiel escudeiro das Letras, coordenador da coleção Gandavos¨.

A vida é uma convocação constante a cooperação e a colaboração. Como presidente da ABDL ¨Academia Bom-Despachense de Letras¨. Fiquei honrado pela publicação dos textos dos confrades abaixo: escritora Denise Coimbra, Professor Tadeu Araújo e o Geraldo Rodrigues.
O trabalho do escritor, visa em especial, alcançar o coração das pessoas.
O senhor com sua generosidade conquistou o coração de todos nós acadêmicos.
Na busca da verdade, necessitamos ser um profeta incandescente e um escriba apaixonado. Isto porque, a arte de escrever é sempre revolucionaria e comprometedora.
O seu trabalho e de todos os membros que participam da coleção Gandavos é sério e enriquecedor e encantador.
Como escritor sou como vocês, a favor da guarda zelosa da língua e das tradições literárias. Se não podes fazer do conhecimento do seu servo, faça-o pelo menos seu amigo.
A dedicação é um antídoto capaz de vencer o desânimo e a amargura que a todo momento tenta nos persuadir.
As palavras pronunciadas entram pelos ouvidos e as palavras escritas entram pelos olhos e nos encantam. A cultura é um referencial autentico de humanização. É como diz o poeta: ¨sou louco porque o mundo não merece a minha lucidez¨.
Companheiro Carlos Lopes é muito difícil fazer algo de bom sozinho. Você descobriu o vigor perfeito no uso da parceria.

Atenciosamente:
Professor Ronan Tales de Oliveira.
Presidente da ABDL.

2 comentários:

Maria Mineira disse...

Muito merecida a homenagem que a ABDL lhe prestou, amigo Carlos Lopes e como mineira faço minhas as palavras do professor Ronan Tales de Oliveira. Você conseguiu reunir muitos escritores em torno de um ideal comum e isso sem dúvida, é fruto de sua dedicação e perseverança.

Alberto Rocha disse...

Belíssima homenagem a quem se dedica a espalhar letras e semear cultura. Parabéns