quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Poema para um amigo distante ... - Autor: Carlos Costa

Silêncio,
preciso escrever um poema!
É para um amigo distante.

Silêncio,
não sei o que escrever
para um amigo distante
mas preciso escrevê-lo.

Silêncio,
peço mais uma vez
porque meu amigo distante
nunca ficou distante de mim
e eu preciso escrever um poema
mas não sei o que dizer ou escrever!

Que saber?
Não vou dizer nada porque, para o amigo
distante qualquer palavra que eu escreva
será muito pouco para medir a felicidade que
tenho por me saber amigo d´ele.

Isso já me basta, amigo Jorge Tufic!
Autor: Carlos Costa - Manaus/AM

http://carloscostajornalismo.blogspot.com/
Publicação autorizada pelo autor através de e-mail de 20/10/2011 

2 comentários:

Carlos Lopes disse...

Amigo é coisa para se guardar! Já dizia um outro poeta. Um abraço Carlos Costa

Claúdio José Soares disse...

Amigos! Nada mais.