quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Lançamento


Esse livro de Carlos Lopes é simplesmente maravilhoso.

Trata-se de uma coletânea de escritos que relatam fatos interessantes e intrigantes da vida real. Vida de um menino que logo se fez adulto, o qual narra com maestria, fatos interessantíssimos da vida em sua região. Convívio com os amigos, lições de vida e fatos corriqueiros, mas que nos faz viajar de nossa infância à fase adulta.

É sem dúvida uma narração de acontecimentos que se passam nas vidas de todos nós e ao lermos temos a nítida impressão de que estamos ali, como protagonistas olhando ou participando de seus relatos, tal a forma delicada e repleta de exemplos de bem viver que só pode nos deixar saudades. Saudades da infância, da juventude, dos tempos de escola, das viagens do sertão para a capital, experiências e descobertas de coisas que uma criança crescida em uma pequena localidade, consegue encontrar na cidade grande.

Sem qualquer dúvida esse livro poderá nos proporcionar momentos únicos de alegria, de tristezas, trazer-nos saudade e principalmente nos arremeter àqueles tempos onde éramos todos felizes, inocentes, mas que já tínhamos formado, em nosso caráter, o sentimento de responsabilidade, de honestidade, caridade e o de perda. Assim como a compreensão do que era errado ou certo. Sentimentos transmitidos pelos mais velhos, que se preocupavam com o nosso futuro.

É um livro maravilhoso, cheio de temperos para todos os gostos.

Recomendo-o para todos, sem exceção.

Nêodo Ambrosio de Castro – Eugenópolis/RJ

 

Livro: Dedos de prosa - De conto em conto

Autor: Carlos Lopes

Páginas: 142

Aquisição: gandavos@hotmail.com

Valor R$ 20,00 (taxa de envio já incluída)

8 comentários:

Nêodo Ambrosio de Castro disse...

Bom dia Mestre Carlos. Aí está o livro. Parabéns.
Que venham outros e que tragam sempre mensagens interessantes como este.
Quando recebemos um livro, temos sempre a impressão de ser o primeiro é como a chegada de um filho que ao recebê-lo, cheio de ansiedade, queremos logo pegá-lo nos braços e afagá-lo. Mas é uma experiência boa.
Meus parabéns.
OBS: Não vi informações de como adquirí-lo.
Grande e fraterno abraço.

Ana Bailune disse...

Na próxima semana, comprarei o meu, Carlos!

Carlos Lopes disse...

Obrigado Nêodo. O amigo tem toda razão, muito bom publicar um livro. A gente fica um bom tempo com aquela coisa nas mãos como se não acreditasse. É verdade que depois vem o tomento: A quem vou vender tantos livros. E nessa hora a gente começa a contabilizar os amigos, colegas e camaradas. É um tal de junta tudo pra ver o que vai dar. É sem dúvidas um prazer enorme publicar um livro ... o resto é apenas o resto.

Carlos Lopes disse...

Olá Ana Bailune, obrigado. Outro dia perguntei para quem escrevemos? Escrevemos para nós mesmo e por saber que aqueles que admiramos vão apreciar ou não o esforço literário. E quem não gostaria de saber que Ana Bailune e tantos outros podem ler nossos esforços? É uma riqueza saber que você leu o meu primeiro livro e vai também ler o segundo livro. Só tenho que agradecer.

Carlos Lopes disse...

Ana Bailune, ia esquecendo. Tenho em mãos a amostra do nosso livro coletivo, para o aval final. Recebi agora a pouco da editora. Isso significa que em breve vamos ter em mãos GANDAVOS - OS CONTADORES DE HISTÓRIAS.

Celêdian Assis disse...

Olá Nêodo! Parabéns pela bela resenha, na qual percebemos com clareza a qualidade da obra de Carlos Lopes, seja pela simplicidade nata do autor para narrar fatos do cotidiano, seja pela capacidade de envolver o leitor numa leitura gratificante. Já havia percebido antes em A Saga de um Pedro e renovei o meu conceito em Dedos de Prosa, assim como tenho certeza, em todos os outros que virão.
Um abraço, amigo.

Carlos Lopes disse...

Obrigado Celêdian. O gostoso de na arte de escrever é essa resposta vinda dos amigos e muitas vezes daqueles que sequer ouvimos falar.

Wanderley Dantas disse...

Carlos, você é o nosso Machado de Assis: um arauto da literatura! Desde que eu te conheci, encanto-me com sua perseverança e criatividade na publicação de livros e em reunir ao seu redor outros contadores de histórias. Daqui a pouco, vejo-te já fundando a "Academia Brasileira de contadores de histórias - Gandavos"! Você faz um bem imensurável à literatura brasileira e sua divulgação na Blogosfera. Parabéns!