quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

De tanto melhorar, o diabo estragou a mãe - Autor: Carlos Lopes

No inicio dos anos setenta a cidade de Sertânia foi exemplo no esporte e na cultura. Durante anos, os seus fabulosos jogadores de handebol foram a alma da seleção estadual. No teatro não foi diferente, todos sabiam da existência do Grupo Disparada. Um dia, à convite de um integrante do grupo, fui assistir a uma das suas memoráveis apresentações. Não lembro o nome da peça. No entanto, sei que fora extraída de um Cordel e, tratava-se de um enredo ligado ao cangaço.
Material retirado para compor livro

4 comentários:

Celêdian Assis disse...

Uma ótima história, que poderia ter desfecho trágico e acabou ficando cômica. Ótimo texto, amigo.
Um abraço
Celêdian

Carlos Costa disse...

Excelente texto, companheiro. Um abraço,

Carlos Costa disse...

Cômica. bem escrita e divertida em seu final sua história. Parabéns!

Carlos Lopes disse...

NESTA NOITE DE ANO NOVO, APROVEITO PARA DESEJAR A TODOS OS COLABORADORES, USUÁRIOS E AMIGOS: UM ANO QUE SE APROXIMA REPLETO DE REALIZÃÇÕES, COM MUITA SAÚDE E TRANQUILIDADE. ESTE ANO, ATRAVÉS DESTA FERRAMENTA CONHECI A TODOS VOCÊS E NÃO PODERIA TER RECEBIDO PRESENTE MELHOR. UM ABRAÇO E OBRIGADO A TODOS. EM 2012, ESTAMOS AÍ! DE NOVO,TUDO OUTRA VEZ!