terça-feira, 10 de abril de 2012

Sabores da minha infância - Autora: Veralis

"Chora menino pra comer japonês o menino que não chora é um menino muito "fei"..." Ainda me lembro do "cantador"  vendedor de japonês, carregava o tabuleiro sobre uma rodilha,  no alto da cabeça, nas mãos os pés do tabuleiro feito de madeira e que se abriam  em forma de X logo que ele arrumava sua central de vendas, nós o cercávamos. Alguns com centavos de cruzeiros, outros apenas com a esperança de ganhar a amostra grátis que naquela época ja era uma excelente propaganda para as vendas posteriores. Ah! os sabores: coco, batata doce  amendoim, amendoim com coco, goiaba. Ah!sabores de minha infância!

Dias desse passou um vendedor de japonês  _japonêeees, japonêeees.

Já não tem mais cantoria, os sabores são os mesmos: coco, batata doce,goiaba... Infelizmente os "sabores" não são os mesmos, ou são e minha língua de tanto experimentar gostos novos, acabou esquecendo os velhos gostos...

Ah! Sabores de minha infância! Agora "tô"  na tocaia  do algodão doce de bacia. Desse eu também ganhava amostra grátis.

Autora: Vera Lúcia Alves do Nascimento - Olinda/PE
Publicação autorizada pela autora

Um comentário:

Carlos Lopes disse...

Então Vera, bons tempos aqueles que se amanhecia o dia ouvindo os costumeiros vendedores anunciando seus produtos. Era um tal de catar moedas e correr para o abraço danado de bom.